Resumo Por Capítulo: Memórias de Um Sargento de Milícias

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

Primeira Parte

9 - O arranjei-me do compadre


Agora é a vez de o compadre ter sua história contada: tudo o que se sabe é que foi criado por um barbeiro, que não sabe se era seu pai, padrinho ou qualquer outra coisa, e que lhe ensinou o ofício. Além de ajudar na barbearia o então garoto também exercia a atividade doméstica. Cansado desta última decidiu deixar seu “mestre” e seguiu sozinho à procura de serviço.

Conseguiu um trabalho embarcando num navio negreiro como médico, pois também tinha conhecimentos de sangria – prática comum na época para a cura de quaisquer doenças. Deu-se muito bem nesta atividade, mantendo todos os que estavam a bordo sãos e salvos.


No entanto, já próximo ao retorno ao Brasil, o capitão do navio passou por um mal que nenhuma sangria deu jeito. Sabendo que logo morreria chamou o barbeiro-médico, em quem confiava pela qualidade dos serviços prestados, e lhe confiou suas reservas de dinheiro para que entregasse a uma filha sua, que indicou a morada.


Chegando ao Rio de Janeiro, no entanto, despediu-se dos serviços a bordo e aproveitou-se de que ninguém mais sabia do desejo confiado a ele pelo capitão: se autodeclarou herdeiro da fortuna que com ele estava, enfim, arranjou-se.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade