Resumo Por Capítulo: Lucíola

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

Capítulo 21


Lúcia tinha passado mal por oito dias. Era o primeiro dia do ano e Paulo foi visitá-la: ela dizia-se melhor e tinha um semblante mais saudável. Conversavam no jardim quando, subitamente, ela jogou-se nos braços de Paulo lhe dando um forte beijo, mas saindo em seguida em direção à casa e trancando a porta.


Paulo alimentou uma esperança de ter novamente Lúcia em seus braços, mas quando a porta foi aberta ela estava junto a Ana, apresentando-a para que ele a cumprimentasse com um beijo em sua cabeça. Seguiram depois para a missa e retornaram para a casa.


No almoço Lúcia pediu a Paulo que esquecesse o beijo que haviam trocado, pois havia sido uma loucura. Ela adorava Paulo como um bom homem que havia lhe devolvido à vida e desejava manter sua imagem longe daquilo que lembrava seus tempos de cortesã.


Mais tarde, Lúcia lamentava saber que, uma hora ou outra, Paulo precisaria seguir sua vida, casar-se com uma mulher, ter filhos… Propôs, então, uma forma de evitar a separação dos dois: que ele se casasse com Ana. Quando fazia essa sugestão, Lúcia teve um mal-estar e caiu aos braços de Paulo, dizendo que carregava um filho deles em seu ventre e que ele estava morrendo.


Quando o médico chegou, afirmou que havia risco de um aborto, mas que Lúcia ainda estava grávida. Ela, entretanto, continuava a afirmar que não havia mais filho, e passou a noite com febre.


No dia seguinte Lúcia insistiu que Paulo prometesse que se casaria com Ana, mas o moço recusou, pois isso o faria sempre lembrar-se de Lúcia. Em troca, aceitou o pedido de que cuidasse dela como um pai.


A febre durou mais três dias. O médico receitou um remédio para que ela expelisse a criança já abortada, mas Lúcia dizia querer morrer junto de seu filho. Tomou o remédio, mas logo chamou Ana para orientá-la a receber Paulo como pai, tendo certeza que estava próxima de sua morte.


Nos últimos momentos, Paulo permaneceu ao seu lado, e Lúcia enfim declarou todo o amor que sentia por ele, beijando-o, dizendo que o fazia com sua alma, já que seu corpo já estava morto.


Paulo finaliza o livro relatando que Lúcia o havia deixado há seis anos, mas ainda vive em suas lembranças. Ana agora já tinha seu marido e, conforme prometido, ele a tratava como um pai.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Publicidade
Publicidade