Resumo Por Capítulo: Lucíola

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

Capítulo 18


No dia seguinte, conforme prometido, Lúcia recebeu Paulo em seu quarto de cortesã. Ele, entretanto, sentiu uma frieza em seu corpo, e a moça entregava-se com algum receio, permanecendo muda. Ela saiu por alguns instantes e retornou após tomar uma garrafa de bebida alcoólica. Ainda assim teve repugnância de consumar o ato, chorando como uma criança e rindo como bêbada.

Paulo agora compreendia a profundidade do desespero daquela mulher, também chorou, e renunciou ao seu desejo. Ela adormeceu ao seu colo e surpreendeu-se quando, ao acordar, Paulo comunicou-lhe sua decisão. Ele ainda pediu que ela lhe explicasse o porquê da recusa, já que haviam sido amantes anteriormente. Lúcia mencionou que não desejava gerar um filho em seu corpo.


Daí em diante, o casal teve um novo tipo de relacionamento: saíam para passeios, tinham conversas amigáveis. Certo dia ela pediu que fossem a São Domingos (na região de Niterói). Lá foi à casa em que vivera sua infância: passou o dia a colher frutas, passear pelos gramados e acabaram sentados à beira de um lago. Perguntada sobre seu passado, Lúcia pediu que deixassem esse assunto para um outro dia, pois desejava preservar momentos alegres naquele lugar.


Paulo brincava de jogar pedras na água, que tornava-se turva com o movimento. Lúcia comentou que a água devia sofrer como ela também sofria quando perturbavam sua vida.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade