Resumo Por Capítulo: Helena

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

Capítulo 2


Foram testamenteiros do conselheiro o seu filho Estácio, o Dr. Camargo e o Padre Melchior: não havia nada de surpreendente no testamento, exceto o reconhecimento de uma filha fora de seu casamento, chamada Helena.


A moça, filha de uma senhora chamada D. Ângela da Soledade, estudava no Botafogo e, de acordo com a vontade do conselheiro, deveria ser recebida em sua casa como membro da família, além de ter direito à parte da herança.


D. Úrsula julgou mal a vontade de seu irmão: tudo bem que ela recebesse algum legado financeiro, mas tratá-la como membro da família e recebê-la em sua casa era demais! Questionava a origem social da garota e a falta de um elo sentimental que as unisse.


Dr. Camargo considerou, enfim, um “excesso” do conselheiro esta decisão. De qualquer forma, orientou que D. Úrsula tivesse compaixão por Helena e não evitasse os sentimentos amorosos que poderiam surgir com a convivência.

Estácio, por outro lado, animou-se com a ideia de ter uma irmã e preservou, antes de tudo, o cumprimento desejo de seu pai. Esta facilidade em demonstrar afeto, entretanto, era um traço herdado de sua mãe.


Helena concluiu seus estudos e em algumas semanas estava de mudança para a casa do conselheiro, onde já possuía um quarto reservado.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade