Resumo Por Capítulo: Esaú e Jacó

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

15 - Teste David cum Sybilla


Após Aires se retirar, Santos revelou a Plácido que o caso da briga dos gêmeos era baseado no que teria ocorrido aos seus filhos, de acordo com a cabocla. O espírita concordou com a opinião da vidente, notando que a escolha dos nomes seguia a mesma lógica: na bíblia, Pedro e Paulo também haviam brigado.

Ao lerem o trecho bíblico em que Paulo relata sua discussão com Pedro, Santos notou que a passagem se dava no versículo “11”, um “número gêmeo”. Plácido concordou e assinalou que tal versículo se encontrava no capítulo “2”, mais uma alusão ao nascimento duplo… Tudo se encaixava!


Santos encantou-se com tantas predestinações a seus filhos e Plácido entregou-lhe um papel no qual reafirmava as previsões da cabocla com uma frase em latim: “Teste David cum Sibylla”. Tal papel foi entregue por Santos à sua mulher assim que chegou em casa.


“Teste David cum Sibylla” é um verso do hino católico “Dies Irae”, que narra o juízo final baseado nas visões de David (profeta de Deus) e de Sibylla (profetiza do inferno). Pode ser traduzido como “testemunham David e Sibylla”, o que cabe bem ao capítulo atual: tanto Plácido (profeta religioso) quanto a Cabocla (profetiza pagã) confirmaram a mesma previsão.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade