Resumo Por Capítulo: Dom Casmurro

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

36 - Ideia sem pernas e ideia sem braços


Após sair da sala, dizendo que ia brincar, Bentinho pensou em sair correndo para a casa de Capitu para agarrar-lhe, desfazer e refazer suas tranças e beijá-la novamente. Mas tal ideia não tinha pernas, e demorou até que ele fosse, vagarosamente, à casa de sua vizinha. Lá chegando, Bento encontrou Capitu sentada, fazendo costura. Ela não lhe olhou diretamente, mas disfarçadamente, ou como diria José Dias, “oblíqua e dissimulada”.

Enquanto Capitu contava que sua mãe não havia comentado nada sobre o episódio das tranças, Bentinho estava hipnotizado por sua boca e teve a ideia de puxá-la, beijá-la… Mas esta ideia era sem braços e ele ficou paralisado.


Bento, como narrador, comenta que se naquela época tivesse conhecimento do Cântico – livro bíblico com temática sensual – o teria colocado em prática: “Aplique ele os lábios, dando-me o ósculo da sua boca”, “A sua mão esquerda se pôs já debaixo da minha cabeça, e a sua mão direita me abraçará depois”. (Mais uma característica de Machado de Assis, que deixa seu narrador ter voz própria nos escritos, comentando a própria história).

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade