Resumo Por Capítulo: Coração, Cabeça e Estômago

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

Preâmbulo


O autor, em uma conversa com Faustino Xavier de Novais, um amigo seu, relata a morte de Silvestre da Silva. Tal homem, por ser um filósofo, não poderia ser considerado morto, mas apenas metamorfoseado: suas partículas haviam se desintegrado para fazerem parte de outros seres e elementos, os quais davam continuidade à sua existência.

Alguns credores de Silvestre interessaram-se pelos papéis dos quais o autor fora herdeiro, porém estes não eram papéis de crédito, e sim pedaços de um romance, publicados agora neste livro.


A obra divide-se em três volumes: Coração, escrito entre 1844 e 1854, quando Silvestre fez “tolice brava”; Cabeça, fruto de uma transfiguração ocorrida entre 1855 e 1860; e Estômago, consequência dos maus resultados atingidos com seus “sistemas de cabeça”, entre 1860 e 61, quando falecera. Estes textos precisariam ser adulterados para formarem um romance, porém seriam publicados da forma como estavam: histórias soltas, algumas sem começo, outras que começam pelo fim… No último volume havia algumas poesias, mas foram retiradas por estarem fora do contexto da obra, além de serem vulgares.


Os escritos de Silvestre da Silva, segundo o autor, era repleta de imoralidades: questionamentos existenciais e religiosos que poderiam levar seus leitores ao inferno.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade