Resumo Por Capítulo: Capitães da Areia

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

O trapiche


Trapiche é uma espécie de ponte de madeira que vai em direção ao mar para atracar veleiros que não podem chegar muito perto da praia, devido ao risco de encalhe. Era sob um trapiche abandonado que viviam os Capitães da Areia. O mar não alcançava mais o lugar, graças ao areal formado pela construção do cais do porto, tornando-o um abrigo ideal.

Antes das crianças, ratos e cachorros habitavam a região, que também compreendia um casarão onde mercadorias eram estocadas. Quando a porta do lugar cedeu, os meninos o tomaram como refúgio, levando para lá os frutos de seus furtos diários.


Entre as dezenas de crianças, de 9 a 16 anos, havia o líder, chamado Pedro Bala. Tinha 15 anos, vivia como vagabundo desde os cinco, nunca soube quem era sua mãe, teve o pai morto a tiro. Conhecia a cidade inteira.


Antes de Pedro Bala, o bando era comandado por Raimundo, um caboclo, mulato avermelhado, forte. No entanto, Pedro Bala se destacou assim entrou para o grupo, com características de um líder nato. Na primeira discussão com Raimundo, Pedro teve seu rosto cortado por uma navalha. Os demais garotos defenderam Pedro, por estar desarmado. Na oportunidade de uma revanche, quando Raimundo batia no Barandão, um dos negrinhos mais jovens do grupo, Pedro defendeu-o, com seus cabelos loiros, sua cicatriz vermelha no rosto e sua agilidade, e derrotou Raimundo, que abandonou o areal e embarcou num navio.


Dali em diante Pedro Bala seria o principal membro dos Capitães da Areia, grupo de garotos mal vestidos, agressivos, esfomeados e mal educados, que se tornava cada vez mais conhecido pela cidade.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade