Resumo Por Capítulo: A Relíquia

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

Capítulo 3


No meio da noite Topsius acorda Teodorico para irem à Jerusalém presenciarem a Páscoa. Durante a cavalgada há a sensação de uma misteriosa mudança nos ares e na terra que eles cruzam. Encontram legionários romanos, multidões de peregrinos e mendigos acampados às portas da cidade sagrada, que tem suas construções históricas descritas em detalhes.


Ao ouvir a notícia da prisão de Rabi Jeschoua, Topsius convoca seu companheiro para acompanhá-lo à casa de Gamaliel, sábio rabino que vivera na época de Cristo. Teodorico sente-se atraído por mulheres que se ofereciam em uma casa de banho, mas logo é repreendido pelo historiador, que lembra o compromisso marcado com o rabino.


Na casa de Gamaliel a dupla foi convidada para uma refeição. O rabino estava acompanhado por outros homens e discutia a prisão e o futuro julgamento de Rabi Jeschoua: por se autoproclamar messias e filho de Deus estava sujeito a punições severas, ainda que fizesse milagres e não tivesse tomado nenhuma atitude contrária ao seu povo, exceto quando se voltou violentamente contra os vendilhões do templo. Teodorico surpreendeu-se quando Topsius revelou a ele que “Rabi Jeschoua” era o seu Jesus Cristo.


A essa altura o homem de Nazaré já estava no Pretório, local onde era feito o julgamento, e Teodorico entusiasmou-se para encontrá-lo. Lá também estava Pôncio Pilatos, romano responsável pelo tribunal, além de outros personagens bíblicos e históricos.


Após a condenação de Jesus pelos judeus, Teodorico e Topsius encontraram um velho que vendia pequenas pedras com inscrições religiosas. Ele contou sua história: muito pobre, sem trabalho, vendia aquelas pequenas lembranças no templo, até que o tal Rabi Jeschoua apareceu condenando-o e jogando fora toda sua mercadoria. Sentidos pela tragédia do senhor, os dois viajantes deram-lhe alguma esmola.


Segue-se a cena em que o povo escolhe perdoar o assassino Barrabás e reafirmar a condenação de Jesus, que é levado pelos soldados romanos. Na saída do Pretório são encontrados seguidores de Cristo que perseguem um homem que fora curado milagrosamente por Jesus, mas que há pouco pedira por sua crucificação.


Teodorico reflete sobre qual seria sua personalidade vivendo a época de Jesus: poderia ser um rabino, migrar para Roma, ou quem sabe ser um pastor…


Topsius leva seu amigo ao templo onde ocorrem as oferendas e sacrifícios de Páscoa: sacos de lentilhas e cordeiros mortos. Sacerdotes discutiam amenidades religiosas. Gade, um amigo de Rabi Jeschoua, relata os sofrimentos passados durante sua crucificação, ocorrida há pouco. Teodorico pede para irem ao monte onde ocorria a punição. A dupla presencia a retirada do corpo de Cristo por José de Ramata, um de seus seguidores.


De volta à casa de Gamaliel Topsius participa de uma explanação sobre a natureza da Terra, por Eliézer de Silo, um “sábio” geógrafo: ela seria plana, com Jerusalém ao centro e um céu sólido por cima. Este homem também recusava a figura de Jesus como messias, que era defendida por Teodorico.

Surge Gade relatando que o corpo de Cristo fora retirado ainda com vida de sua sepultura, mas não resistira e falecera em seguida. No dia seguinte, quando fosse verificado o sumiço do defunto, estaria fundado o mito que levantaria uma nova religião. Topsius alerta que é hora de voltarem ao acampamento.


Em sua tenda, Teodorico deita-se sem tirar sequer suas botas. Ao acordar, no entanto, vê o criado entrar com suas botas na mão – fora tudo um sonho. De volta ao seu tempo, Teodorico aceita uma tapioca para o café.

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade