Resumo Por Capítulo: Minha Vida de Menina

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

 

Abril de 1895


Dia 3, quarta-feira

A Amélia do Zé Lotério é uma mulher que adora ir de casa em casa coletando informações e repassando fofocas. Helena não entende como sua avó ainda a recebe na Chácara com tanta cortesia.


Dia 6, sábado

Zezinho, o negrinho filho de Mãe Tina, faleceu. Ele sofria de fome canina: estava guloso o tempo todo e tinha a barriga inchada. Helena assustou-se, pois brincava com ele há poucos dias, e teve pena do garoto.


Dia 9, terça-feira

Os garotos na escola voltaram a botar apelidos nas meninas. Helena continuava a ser chamada de Tempestade, o que não considerava mal – pior seria se fosse chamada de Feiosa.


Dia 15, segunda-feira

Dona Carolina diz que não se pode ficar alegre durante a Semana Santa, mas Helena adora as festividades, os rituais e as brincadeiras que acontecem durante esses dias.


Dia 18, quinta-feira

Carolina, não costuma adoecer, ficou com tosse e dor no corpo. Siá Ritinha apareceu para tratá-la e Helena passou a encarar a vizinha com bons olhos.


Dia 19, sexta-feira

A mãe de Helena continuou doente e até avó Teodora foi visitá-la, sugerindo que a família passasse alguns dias na Chácara. Dona Carolina preferiu esperar o retorno de Alexandre para fazer a mudança.


Dia 23, terça-feira

Helena continua a reavaliar Siá Ritinha, que segue cuidando de sua mãe com muito carinho, e considera que uma pessoa tão boa não pode ser ladra de galinhas: decide não fazer mais comentários maldosos sobre sua vida.


Dia 29, segunda-feira

Alexandre voltou da Boa Vista, mas não pôde ficar com a esposa, deixando-a na Chácara com seus filhos. Helena desconfia que sua mãe esteja tísica, pois tosse muito e não deixa que bebam água em seu copo. Entretanto Carolina diz que é só uma gripe e que melhorará em uma semana.

 

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo: