Resumo Por Capítulo: Helena

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios):

 

Capítulo 6

Retornando à sua casa, Estácio melhorou de humor ao abrir uma carta enviada por um amigo, Luís Mendonça, que há dois anos fora à Europa e agora regressava. Na época o conselheiro sugeriu que Estácio o acompanhasse, mas ele não quis por considerar seu temperamento muito diferente do colega, que era mais solto e alegre.


Contando a novidade à D. Úrsula, e sugerindo que eles também partissem à Europa no futuro, sua tia disse estar velha e afirmou que iria antes à cova. Helena rebateu, dizendo que a senhora estava forte e brincando que era capaz de ela mesma ir à cova primeiro. D. Úrsula repreendeu a garota, significando seu primeiro ato de simpatia para com a menina.


Helena aproveitou a conversa para comentar que tinha vontade de aprender a montar à cavalo. Estácio perguntou a D. Úrsula se ele poderia ensiná-la e ela mostrou-se indiferente. Marcaram a primeira aula para a manhã seguinte.


Estácio ainda escreveu uma carta à filha de Camargo, desculpando-se pelo ocorrido no último encontro e jurando-lhe amor eterno.


Preparados para a montaria, Estácio avisava a irmã que era necessário vencer o medo de subir no animal, mas Helena argumentou filosoficamente que tinha controle sobre seus medos. Assim, rapidamente subiu à sela e pôs a égua a andar, para espanto de Estácio.


Cavalgavam juntos quando Helena explicou que já sabia como montar, mas imaginou que Estácio ficaria mais disposto a acompanhá-la se imaginasse que seria seu professor. Durante o caminho trataram de mais assuntos filosóficos, sobre como a riqueza trazia suas desvantagens e sobre como aproveitar o tempo, ao invés de economizá-lo. Observando todo o repertório daquela menina, Estácio brincou que ela poderia ter nascido homem.


No retorno da cavalgada, no entanto, Helena permaneceu mais quieta e Estácio questionou se ela tinha alguma tristeza. A garota apenas pediu que o irmão lhe relatasse quaisquer más impressões que ele tivesse ao seu respeito, pois ela era “uma pobre alma lançada num turbilhão”. Estácio pretendia questionar melhor estes receios da menina quando ela pôs sua égua a correr à frente do cavalo do irmão, em direção à chácara.

 

Faça o download do eBook completo, em formato PDF:


Ou continue lendo online (com anúncios) navegando abaixo:


Publicidade
Publicidade